Get Adobe Flash player

 

logo CNCP min

 CNCP

CONFEDERAÇÃO
NACIONAL
DOS
CAÇADORES
PORTUGUESES

 

   
   

MEMBRO DA

FACE logo

 

 

 

FILIADOS CNCP

 

FCEDM

FCEDM

facirc

FACIRC
fccpviseu FCCPVISEU
fcpbl FCPBL
   
fcpbi

FCPBI

   
federcaca FEDERCAÇA
   
fac FAC
   
logo fca00 FCA
   
 OESTECAÇA  OESTECAÇA

Notícias

O Clube de Monteiros do Norte vai realizar o XXV Encontro Venatório do Nordeste Transmontano, no fim de semana de 05 e 06 de Fevereiro próximo, coroando assim a época venatória com a grande e mais antiga festa dos amantes da caça maior, com fortes tradições no Nordeste Transmontano. Mais informações: http://www.clubedemonteirosdonorte.com
Licenciamento dos campos e carreiras de tiro
No dia 24/10/2010 pelas 11h00, na Zona de Caça Municipal do Touro, no Concelho de Vila Nova de Paiva, Distrito de Viseu, quando o caçador Carlos Trindade exercia o acto venatório apercebeu-se que os seus cães ladravam de uma forma menos comum. Aproximou-se dos cães e deparou-se com um quadro muito lamentável: um lobo preso num laço pelos quartos traseiros. De imediato retirou os cães do local, telefonou ao Presidente…
Exposição: “A caça no coração do Parlamento Europeu”.   A primeira exposição sobre a caça e a conservação da natureza teve lugar de 4 a 8 de Outubro no Parlamento Europeu em Bruxelas e decorreu com muito sucesso. Organizada conjuntamente pela Presidente do Intergrupo para a Caça Sustentável do Parlamento Europeu, Véronique Mathieu, e a Federação das Associações de Caça e Conservação da Fauna Selvagem da União Europeia (FACE), a exposição…
Comunicado Como é sabido, o processo de criação de zonas de caça vem conhecendo nos últimos anos um ritmo de crescimento continuado. É desta forma que actualmente nos deparamos com taxas de ocupação de terrenos cinegéticos por zonas de caça que ultrapassam os 86% do total do território com potencial cinegético. Tendo em conta o facto de presentemente a área de terrenos cinegéticos não ordenados ser diminuta,considerando que para além…
 As florestas portuguesas constituem um património vivo, essencial ao desenvolvimento sustentável do nosso país. São um espaço privilegiado de criação de riqueza, de lazer, de diversidade biologia, de fixação do carbono e de protecção dos solos e dos recursos hídricos.  Aos espaços florestais encontram-se associados vários recursos – pastagem, caça, pesca, cogumelos, plantas aromáticas, melíferas e medicinais – os quais devem ser geridos com base em boas práticas silvícolas e…
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Seguinte > Final >>
Pág. 6 de 6